Labirinto do eu. Adelino Cardoso

«"Em face do que é mais evidente, nossa inteligência se porta qual os olhos do morcego sob a luz do dia», diz Aristóteles em sua Metafísica. Lá ele se referia aos princípios mais basilares da ciência, mas a analogia acomoda-se à perfeição ao assunto em tela aqui: o próprio eu. Afinal, nada poderia nos ser mais íntimo e, por isso mesmo, familiar. E no entanto, paradoxalmente, essa intimidade parece incapaz de desvelar-se a si própria, mas ao contrário, mostra-se um labirinto obscuro a ser desbravado. Neste livro, Adelino Cardoso elabora sua análise do tema aos olhos do pensamento moderno equilibrando a consideração de autores que põem em relevo a riqueza e a complexidade do eu com aquela de autores que, com o ônus talvez de negligenciar esta ou aquela dimensão do eu, tentam encontrar algum fio de Ariadne. Como resultado, chegamos ao delineamento de um mapa desse labirinto, que coloca em perspectiva seu desenho, suas encruzilhadas, aporias e também saídas emblemáticas que marcaram a modernidade". - Vivianne de Castilho Moreira 

 

 

Referência:

Cardoso, Adelino. Labirinto do eu. Kotter Editorial, 2019.

Janeiro 2021
SD
01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Eventos por tipo