Palestra com Luís Madeira (Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa)

Data: 19 de Novembro

Sala 5.2 (FLUL)

Moderadora: Marijke Boucherie

Resumo:

"O tema central da conferência é a exploração de exemplos identificadores dos novos instrumentos que permitem o estudo das alterações de pensamento e linguagem, como sintoma de esquizofrenia. Particularmente relevante é perceber como o paciente se relaciona com a tentativa de expressar linguisticamente a sua experiência – por exemplo, se partilha com quem o ouve que a sua comunicação é globalmente ineficaz, se fica frustrado nessa tentativa, se tem falta de vocabulário ou se lhe surgem palavras novas. Focando-nos nestas alterações, os pacientes também apresentam atitudes invulgares em relação à linguagem, assim como interacções contextuais entre mudanças na linguagem e outros elementos recebidos do interior (atenção a experiências particulares do eu) e do exterior (contexto). A análise conceptual aqui é um elemento chave para estudos empíricos, que levem a identificar a sua diversidade e a perceber se as perturbações de linguagem são um epifenómeno da doença (isto é, no sentido defensivo), ou se são motivadas de forma primária (isto é, intencional) ou como será mais provável, se resultam de uma dinâmica em camadas múltiplas, de elementos tanto primários como secundários."

 

Projeto SHARE (Saúde e Humanidades Atuando em Rede), ref.ª PTDC/LLT-OUT/29231/2017, financiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I. P. e por fundos FEDER através do Programa Operacional Regional de Lisboa.

Junho 2024
SD
01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

Eventos por tipo