Apresentação do Livro "Labirinto do Eu"

"Labirinto do Eu"

 

A hipótese orientadora de Labirinto do eu é a de que o eu está no cerne da inteligibilidade moderna, mas, longe de constituir uma estrutura homogénea, é uma figura múltipla, que se diz de várias maneiras, originando narrativas distintas e, mesmo, contrárias.

A entrada no Labirinto é feita na companhia de um “contemporâneo”, Bernardim Ribeiro, que nos propõe uma forma de subjectividade em que a história do eu se diz na pluralidade de histórias que acontecem ao longo do ribeiro pelo qual flui o modo humano de habitação do mundo. A Menina é um modo peculiar de afecção e de cuidado pelo outro, que se constitui no interior da narrativa.

O livro é feito de encontros com autores que me interpelaram e modificaram o meu olhar para o outro, para o mundo e para mim próprio. Montaigne, Francisco Sanches, Descartes, Malebranche, Arnauld e Leibniz são companhias na viagem entre eu e mim, que é certamente o ponto mais enredado do labirinto.

 

Maria Luísa Ribeiro Ferreira (Universidade de Lisboa)

Adelino Cardoso (Universidade Nova de Lisboa)

 

4 de Julho | 18h | Sala 5.2, FLUL

Outubro 2021
SD
01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Eventos por tipo